Casais alienígenas e diversidade

Niko por Humbertos Ramos... Drogada e prostituída

Niko por Humbertos Ramos... Drogada e prostituída

Já está nas bancas A Marvel Especial número 13, trazendo mais uma vez histórias dos Fugitivos. Primeiro preciso dizer que já no primeiro encadernado lançado aqui no Brasil – em formato pocket – eu me apaixonei de cara pela equipe de adolescentes que descobre que seus pais são na verdade super-vilões, criados por Brian K. Vaughan e Adrian Alphona.

A série é bastante popular em terras gringas, e já foi teve roteiros do incrível Joss Whedon. Dessa vez quem assina os roteiros é Terry Moore (Estranhos no Paraíso) com desenhos de Humberto Ramos.

Gosto dessa iniciativa da Panini unir arcos completos de histórias em apenas um encadernado. Alguns mixes das revistas da editora são sofríveis – só consigo tocar na X-men Extra quando tem história dos Surpreendentes X-men e tenho muito medo das edições que vieram com dose dupla de Chris Claremont em Exliados e Genext -, e Fugitivos realmente não se encaixa muito em nenhum dos títulos seriados da casa.

Nem quero comentar muito o que achei da edição – dou uma nota 7 -, ou de como Ramos arruinou a história com seus desenhos – odeio quadrinistas que desenham diferente o mesmo personagem em cada edição -, mas sobre o beijo entre Karolina Dean, da raça Masjediana, e Xavin, dos Skrulls, ao fim do arco.

Acho muito digno que a Marvel esteja se abrindo (ui) um pouco mais e abordando com mais freqüência a diversidade sexual humana – e alienígenas. A Casa de Ideias já tem um rol de personagens gays conhecidos do público, e por enquanto dois casais famosos, o acima citado e os heróis Wiccano e Hulkling (também Skrull). Nem lembro se um dia vi algum beijo gay em uma das revistas seriadas da Marvel, mas esse deu um ar fofo e bonitinho ao final da história – até os desenhos de Ramos ficaram suportáveis nessa página.

Já que nesse domingo temos parada gay, o post e a cena vieram a calhar. Aposto que vai dar muito Skrull na paulista no dia 14.

Ai, amor... Adoro sua a textura verruguenta da sua pele Skrull...

Ai, amor... Adoro sua a textura verruguenta da sua pele Skrull...

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Opinião no seu quadrinho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s